Blumenau - AltenburgBrusque - FIPStuttgart - banner dez 2014Ascurra - Pousada Nona RosinaIndaial - SeledonNova Trento - Basílica Sta. Paulina com legendaBlumenau - Avenida Beira Rio c/legendaTimbó - Pérola do Vale - Foto: arquivo Restaurante e Choperia Thapyoka Blumenau - Cervejaria ContainerBlumenau - Museu Hering com legenda
Quer saber mais sobre um município específico? Selecione-o ao lado:

Home > Notícias

AMPE Br forma primeiras turmas do Projeto, em Brusque

A noite de quinta-feira, 6 de fevereiro, foi de conquista para 39 pessoas, que receberam seus certificados de conclusão do curso ‘Amor pela Costura’, realizado pela Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região. Com o certificado em mãos, veio também a certeza de ter uma qualificação na área de costura e a possibilidade de novas oportunidades de trabalho neste setor.

A formatura aconteceu no auditório da Faculdade Uniasselvi, e reuniu familiares e amigos dos formandos, a diretoria da AmpeBr, as idealizadoras e professoras do projeto, o vice-prefeito de Brusque, José Ari Vequi, o comandante da 7ª Região da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Moacir Gomes Ribeiro, o major Heintje Heerdt representando o 18º Batalhão da PM de Brusque, o sargento Jean Sofiatti representando o Corpo de Bombeiros de Brusque, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, João Beuting, o vereador Sebastião Lima e a diretora da Uniasselvi, Simone Dalbosco.

Idealizado pelas profissionais do vestuário Marlei Salete Machado e Maria Isabel Daroceski, o projeto ‘Amor pela Costura’ foi trazido à AmpeBr como uma proposta de capacitar e qualificar pessoas na profissão de costureira e costureiro, uma mão de obra sempre necessária no município de Brusque, diante da quantidade de empresas do setor. “Nosso propósito é o de incluir as pessoas no mercado de trabalho, capacitando elas para este setor que também nós atuamos e que sempre necessita de mão de obra qualificada. Através do vereador Ivan Roberto Martins soubemos de todo trabalho desenvolvido pela AmpeBr e que a associação estava aberta a parcerias para desenvolver cada vez mais o setor do vestuário. E desde o primeiro momento em que levamos a ideia à AmpeBr, fomos muito bem recebidas e o projeto saiu do papel e tomou forma. Formamos hoje 39 pessoas, através deste curso gratuito e o sentimento é de extrema felicidade por esta conquista”, comentou Maria Isabel. Ela e Marlei foram as professoras do curso, que teve duração de três meses.

Realizado na sede da AmpeBr, a capacitação contou com aulas semanais e, para sua realização, obteve algumas parcerias, como da RC Máquinas, que disponibilizou alguns equipamentos para realização das atividades, e dos próprios diretores da associação, que doaram tecidos e aviamentos para produção das peças durante o aprendizado. As aulas práticas renderam boas produções, tanto é que os alunos receberam seus certificados vestindo peças que eles mesmos costuraram em sala de aula.

Dentro da AmpeBr, o projeto foi coordenado pelas diretoras Sandra Neli Werner e Neide Dalsenter, que acompanharam de perto o andamento dos trabalhos e a evolução das turmas. “Me deixou muito feliz coordenar este curso ao lado da diretora Sandra, pelo apelo social que ele tem. Abraçamos esta causa com muito carinho, recebendo os alunos e as professoras e ficamos felizes por tudo ter ocorrido tão bem. Já estamos pensando na continuidade deste projeto, com novas turmas, em poder dar esta oportunidade para mais pessoas. Quero agradecer muito aos diretores da AmpeBr, pois embora eu e a Sandra tenhamos ficado à frente deste projeto, somos em 24 diretores e todos os demais estiveram conosco. Hoje já temos um estoque de materiais para as próximas turmas do curso, graças à doação de todos os diretores. Queria também parabenizar as professoras por sua dedicação e pelas excelentes aulas que deram, prova disto é termos estas 39 pessoas formadas e aptas a entrarem no mercado de trabalho. E parabéns a todos os alunos por este passo importante em suas vidas”, frisou a diretora Neide.

Para o coronel Moacir Gomes Ribeiro, comandante da 7ª Região da PM, a conclusão das primeiras turmas do curso ‘Amor pela Costura’ e a continuidade do projeto, é um ganho para toda cidade de Brusque. “É fundamental você dar oportunidades para as pessoas, principalmente as que vêm de outros locais em busca de uma melhor qualidade de vida. Para nós, enquanto Polícia Militar, isso é fundamental, porque as pessoas que trabalham, que produzem, estão bem consigo mesmas e inseridas em uma sociedade, com certeza não vão procurar o crime para se satisfazer. E com isso nossa qualidade de vida dentro do município vai melhorar. Por isso viemos até aqui, para apoiar este evento e parabenizarmos a AmpeBr por esta iniciativa, que serve de exemplo e deve ser levada a outros municípios, para que possamos ter cada vez mais pessoas com mais oportunidades e felizes”, enfatizou.

O vice-prefeito de Brusque, José Ari Vequi, também ressaltou a importância do projeto para dignidade das pessoas e famílias. “Fiquei muito feliz em estar aqui nesta noite e conhecer este projeto ‘Amor pela Costura’. Nosso secretário João Beuting nos levou a oportunidade de a Prefeitura de Brusque participar na continuidade deste projeto, com ajuda financeira, para que possamos avançar e oportunizar que mais pessoas aprendam esta profissão. É uma oportunidade de qualificação tanto para atuarem em empresas da área da moda de nossa cidade, como também de serem empreendedoras e terem seu próprio negócio. A ideia é maravilhosa e temos que apoiar e parabenizar a AmpeBr por este projeto. O maior orgulho das pessoas é poder trabalhar e ter seu próprio sustento. E nós temos que dar oportunidade de capacitação para que estas pessoas se desenvolvam. É um projeto belíssimo e com certeza a prefeitura será parceria”, afirmou. 

O presidente da AmpeBr, Ademir José Jorge, ressaltou a emoção de toda diretoria da entidade e das pessoas envolvidas com o projeto, pela formatura das primeiras turmas. “Conseguimos nesses três meses qualificar estas pessoas para entrarem no mercado de trabalho e acreditamos que este também é o papel de nossa entidade, desenvolver as pessoas para termos um lugar melhor para vivermos. Queremos emprego para estas pessoas que vêm de tantos lugares, com o sonho de terem uma oportunidade em Brusque. Inclusive temos mais de 500 pessoas na lista de espera para novas turmas deste curso, entre elas, haitianos.  Isso nos deixa muito animados de que estamos no caminho certo. Fizemos agora uma parceria com a Uniasselvi, através da diretora Simone, que disponibilizará dois laboratórios de costura para capacitar essas pessoas e a própria prefeitura já demonstrou interesse em abraçar este projeto conosco. Acredito que através dessas parcerias vamos conseguir capacitar estas 500 pessoas e muitas mais que virão”, complementou. 

Fonte: Catarina Machado - Ideia Comunicação Corporativa.

Imagens: créditos para Thiago Andrade

 

  • AMPE Br forma primeiras turmas do Projeto, em Brusque
  • AMPE Br forma primeiras turmas do Projeto, em Brusque
  • AMPE Br forma primeiras turmas do Projeto, em Brusque
  • AMPE Br forma primeiras turmas do Projeto, em Brusque
  • AMPE Br forma primeiras turmas do Projeto, em Brusque