Blumenau - Avenida Beira Rio c/legendaBlumenau - AltenburgStuttgart - banner dez 2014Pomerode - Zoo jun 2017Nova Trento - Basílica Sta. Paulina com legendaIndaial - SeledonTimbó - Pérola do Vale - Foto: arquivo Restaurante e Choperia Thapyoka Blumenau - Museu Hering com legenda
Quer saber ver a notícia de um município específico? Selecione-o ao lado:

Home > Notícias

44ª Pronegócio Inverno 2018, em Brusque, inicia com mais de 700 clientes confirmados Movimentação marcou o primeiro dia de evento, que acontece no Pavilhão da Fenarreco Aniversário de Emancipação do município de Ituporanga No dia 14 de Fevereiro de 2018 o município de Ituporanga comemora 64 anos de Emancipação Política.  A Prefeitura está preparando extensa programação para esse dia. Lei atribui, equivocadamente, ao Espírito Santo o pioneirismo da imigração italiana no Brasil A Lei Federal 13.617/2018, sancionada pelo presidente Michel Temer, no dia 11 de Janeiro, e publicada no Diário Oficial da União no dia12, atribui, equivocadamente, ao município de Santa Teresa, no Espírito Santo, o título de "Pioneiro da Imigração Italiana no Brasil", que de fato pertence a Colônia Nova Itália, município de São João Batista/SC. Em 1836 foi fundada, por 132 imigrantes católicos do Reino da Sardenha (precursor do Reino de Itália), a primeira colônia de italianos no Brasil, a Colônia Nova Itália, localizada no vale do Rio “Tijucas Grande”, no hoje município de São João Batista, em Santa Catarina. Os pioneiros imigrantes italianos, que viriam colonizar e desenvolver terras brasileiras, aportaram em março de 1836 à baía norte da Ilha de Santa Catarina, no porto do Desterro (hoje Florianópolis), transportados pelo navio Correio. E o início da colonização italiana no Espírito Santo ocorreu 37 anos e 11 meses após, em 21 de fevereiro de 1874, quando o navio La Sofia chegou a porto de Vitória, com 388 camponeses trentinos e vênetos. A iniciativa da lei que concedeu o “título” à cidade capixaba foi do deputado federal Sérgio Vidigal (PDT-ES).  A iniciativa de criação e instalação da Colônia Nova Itália foi do médico e violinista Henrique Ambauer Schutel, natural de Milão (também detentor de cidadania suiça), agente consular do rei de Sardenha, e do armador Carlo Demaria, cidadão inglês (por ter nascido em Gibraltar, possessão inglesa) com raízes em Gênova, que em 1835 constituem a empresa Demaria e Schutel, sociedade particular de colonização.   O primeiro Diretor da Colônia Nova Itália foi o suiço Luc Montandon Boiteux, que se estabeleceu na Colônia Nova Itália acompanhado da esposa, de um filho menor, e de quatro escravos.  Fonte: Paulo Vendelino Kons  /  paulokons1@gmail.com